Exposição de Renato Valle estreia hoje (1º) na Galeria Janete Costa
01/06/2017 - 21h25 em Exposição

 

A Galeria Janete Costa, equipamento da Prefeitura do Recife localizado no Parque Dona Lindu, inicia o mês de junho com nova exposição em cartaz. A pungente mostra Religiosidade e Política na Obra de Renato Valle discute a relação entre arte, religiosidade e política, tema que o artista plástico recifense vem aprofundando em sua produção desde 2002. A entrada é gratuita.

Com curadoria de Valquíria Farias, a exposição foi aberta ao público hoje (1º) com 30 obras, entre desenhos, objetos e instalações, do acervo do MAMAM e de coleções particulares, distribuídas pelo salão principal e mezanino da galeria. Sua concepção parte, inicialmente, da série de cinco mil desenhos produzida por Renato Valle entre 2003 e 2005, intitulada Diários de Votos e Ex-votos.

O emblemático álbum de gravuras Cristos Anônimos, que ajudou Renato Valle a retomar e, de certa maneira, esgotar o tema da religiosidade, é outro conjunto de obras que norteia a exposição. Composta por nove impressões digitais do mais conhecido símbolo cristão, a série redesenha, reproduz e resignifica a cruz, na visão inquietante do artista. Fazem ainda parte do acervo desenhos em grafite sobre lona, de grandes formatos, além de objetos e instalações de parede, produzidos durante residências artísticas.

A disposição espacial das obras na galeria não é pautada pela cronologia, mas pela relação e identidade que os trabalhados carregam entre si. A expografia e coordenação de montagem é assinada por Diogo Todë. A produção da mostra ficou a cargo de Carol Chaves Madureira.

EDUCATIVO - A exposição segue em cartaz até o próximo dia 23 de julho. E antes mesmo de estrear, já contabiliza mais de 200 visitas. Isso porque, entre os últimos dias 17 e 27, a Galeria Janete Costa, a pedido de Renato Valle, abriu a montagem da mostra para visitação, adotando uma estratégia incomum de formação de público. Sob a coordenação de Mariana Ratts, as visitas educativas foram um sucesso. “Esse tipo de iniciativa é muito importante porque dessacraliza o entendimento da obra de arte e de todo o processo ao redor dela. E faz ainda mais sentido numa galeria como a Janete Costa, instalada dentro de um parque, que recebe uma quantidade enorme de visitantes espontâneos”, diz Carlito Person, diretor do espaço.  

BIOGRAFIA - Nascido no Recife, em 1958, Renato Valle começou como autodidata em 1976 e em 1979 passou a se dedicar exclusivamente às artes visuais. Participou de cursos de desenho, pintura, gravura e história da arte; com Andrea Moreira, Flávio Gadelha, Gil Vicente e Laura Buarque, fundou o jornal mensal Edição de Arte (1988-1990); foi diretor técnico da Oficina Guaianases de Gravura (1993 -1995). Realizou várias exposições individuais e coletivas em museus, institutos e galerias de arte; foi contemplado em salões e editais de artes visuais com premiações, projetos de exposições, oficinas, residências artísticas, pesquisas e publicações, por instituições e programas como o Funcultura (Fundo estadual de cultura), SIC (Sistema de Incentivo à Cultura), Programa BNB de Cultura, Funarte, SPA das Artes e CCSP (Centro Cultural São Paulo).

SERVIÇO

Exposição Religiosidade e Política na Obra de Renato Valle

Local: Galeria Janete Costa, no Parque Dona Lindu

Visitação: De 1º de junho a 23 de julho

Horário: Quarta a sexta, das 12h às 20h, e sábados e domingos, das 14h às 20h

Entrada gratuita

Informações: 3355-9825

 

 

Fonte: PCR

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!