Sexta-feira, 7 de julho de 2017 às 21:05 em Exposição
Últimos dias da exposição sobre o Graf Zeppelin no Museu da Cidade do Recife

 

Termina neste domingo (9), a exposição Zeppelin: Recife-Rio, que está em cartaz no Museu da Cidade do Recife desde o último mês de maio, quando a chegada do primeiro dirigível ao Brasil completou 87 anos. A exposição conta com imagens do Graf Zeppelin e objetos relacionados aos dirigíveis. É gratuita e aberta ao público.

A exposição lembra a importância que o Recife teve na história escrita pelos dirigíveis nos céus brasileiros e de todo o hemisfério sul. Foi aqui que, na noite do dia 22 de maio de 1930, o Graf Zeppelin fez a aterrissagem do primeiro voo comercial entre a Europa e a América do Sul. Dali em diante, os dirigíveis seriam presença constante nos céus da capital pernambucana. Os voos só foram encerrados quando o modelo Hindenburg explodiu em pleno ar, em maio de 1937, prestes a atracar em Nova Jersey, nos Estados Unidos, matando 36 pessoas.

Para recordar a era de ouro dos dirigíveis, a exposição tem imagens daquele dirigível histórico, além de objetos relacionados àquelas aeronaves. Estão expostos no museu painéis do Zeppelin no Recife e no Rio de Janeiro, medalhas, fotografias estereoscópicas, livros, selos, postais  e objetos originais. Grande parte do acervo é do produtor cultural e colecionador Jobson Figueiredo. 

Serviço

 

Zeppelin: Recife-Rio 

Visitação: Até domingo (9), das 9h às 17h

Local: Museu da Cidade do Recife, Forte das Cinco Pontas, Bairro de São José

Entrada Gratuita

Informações: (81) 3355-9558

 

 

Fonte: PCR

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!