Banda Sinfônica do Recife em cartaz no Teatro de Santa Isabel nesta quarta-feira (27)
22/09/2017 - 23h12 em Teatro

 

Beatles e movimento mangue, música erudita e trilhas sonoras que embalaram grandes clássicos no cinema. A receita sonora que a Banda Sinfônica do Recife servirá no palco do Teatro de Santa Isabel na próxima quarta-feira (24) é um prato cheio para públicos de todas as idades. A partir das 20h, será realizado o sétimo concerto oficial da temporada 2017, evento gratuito e aberto ao público.

 

Para abrir a noite, o maestro Nenéu Liberalquino e os músicos da Banda Sinfônica irão apresentar a música A Jubilant Overture, do compositor americano neoclássico, autor de mais de duzentos trabalhos publicados, Alfred Reed. Também será interpretada a música Trauersinfonie, do maestro, compositor, diretor de teatro e ensaísta alemão Richard Wagner, com revisão de Erik Leidzén.

 

Para lembrar o movimento manguebeat, um dos principais cartões-postais musicais do Recife, a Banda executará a música Praieira, do cantor, compositor e mangueboy recifense Chico Science. O arranjo é de Clóvis Pereira.

 

Depois dele, será lembrado o guitarrista, cantor, compositor, escritor e ativista britânico John Lennon, cuja canção Imagine será tocada, com arranjo de Larry Norred. “A letra, bastante atual nos dias de hoje, faz as pessoas imaginarem um mundo em paz, sem barreiras nas fronteiras ou divisões de religiões e nacionalidades e considerar a possibilidade de que o foco da humanidade deveria estar em viver uma vida desapegada de bens materiais”, diz o maestro Nenéu Liberalquino.

 

Das trilhas sonoras mais inesquecíveis do cinema mundial, o maestro escolheu um medley do filme Rocky para interpretar, com as músicas Gonna Fly Now, de B.Conti-A.Robbins-C.Connors,Fight from the Heart, de S.Flaherty-L. Ahrens, e Eye of Tiger, de F.Sullivan III-J.Peterik. O arranjo é de Patrick Roszell.

 

Em seguida, a Banda lembrará o tema da série de TV Missão Impossível, que deu origem, 30 anos depois, ao filme de mesmo nome. A composição é do cantor e pianista argentino, Lalo Schifrin. O arranjo é de Jay Bocook.

 

O sétimo concerto do ano será encerrado com outro medley, desta vez da cantata Carmina Burana, do compositor alemão Carl Orff, um dos mais destacados do século XX, com arranjo de Jay Bocook.

 

SOBRE A BANDA - Fundada em 1958, a Banda Sinfônica do Recife é composta por 85 músicos, entre quadro técnico, administrativo e produção. Desde julho de 2002, tem como regente titular e diretor artístico o maestro Nenéu Liberalquino.

 

Serviço

 

Sétimo Concerto da Temporada 2017 da Banda Sinfônica do Recife

Quando: Quarta-feira, 27 de setembro

Horário: 20h

Local: Teatro de Santa Isabel, Praça da República, s/n, Bairro de Santo Antônio

Ingressos gratuitos na bilheteria do teatro, a partir das 19h

Informações: 3355-3323

 

 

Fonte: PCR

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!