Começam as oficinas do 22º Festival de Dança do Recife
24/10/2017 - 15h25 em Dança

 

O 22º Festival de Dança do Recife já movimenta a cidade. Ontem, nos três expedientes do primeiro dia de programação vivencial, foram oferecidas oficinas de dança contemporânea e dança de salão, nas duas unidades do Compaz, no Alto de Santa Terezinha e no Cordeiro. A grade de oficinas do festival deste ano é extensa e bem variada, com atividades em várias partes da cidade até o próximo dia 27 de outubro. A programação artística será oferecida entres os dias 21 e 29, com mais de 14 espetáculos de grupos e bailarinos nacionais e locais.

 

A oficina de estreia foi de Dança de Salão e começou às 9h, no Compaz Governador Eduardo Campos, no Alto de Santa Terezinha, para alegria das habituées do equipamento. “Vivo nesse espaço. Faço ginástica, biodança, até hip hop. Adorei essa oficina nova. Vou fazer todas que chegarem por aqui”, disse a animadíssima moradora do Alto de Santa Terezinha, a “pé de valsa” Tereza Bezerra, 61 anos. 

Com a mesma disposição, Ivanilda Santana, 56 anos, nem pensou duas vezes antes de incluir a oficina em sua extensa programação diária no Compaz. "Adoro me movimentar."

Caprichando na coreografia e no sorriso, Mariza de Araújo, 45 anos, estreou na programação do Festival e do Compaz de uma só vez. "Aprendi tanta coisa nessa oficina. Adorei. Moro no Alto, mas nunca tinha vindo no Compaz. Agora vou voltar sempre!"

Mesmo não sendo recifense, até o professor André Vitar Brandão, petrolinense da Cia Qualquer um de 2, que participará da programação artística do Festival, ficou com vontade de voltar no Compaz. "Esse equipamento é maravilhoso. Estou encantado. Nunca tinha visto nada igual no Brasil", disse o bailarino, satisfeito com o resultado da oficina. "O grupo tem esse compromisso de, sempre que possível, se envolver em ações formativas e vivências. Queremos mostrar que todo mundo sabe dançar. Todos temos a consciência do movimento em nosso corpo. Nosso trabalho é promover esse encontro de cada um com o outro e com o seu corpo."

As oficinas são gratuitas e seguem até o dia 27, nos teatros Luiz Mendonça, Hermilo Borba Filho, Paço do Frevo, Escola de Frevo do Recife e nos Compaz Governador Eduardo Campos e Escritor Ariano Suassuna.

Os interessados podem fazer sua inscrição pelo e-mail: servicosdedancafccr@gmail.com, informando o nome da oficina no título da mensagem e encaminhando anexado um breve currículo. As inscrições também poderão ser feitas presencialmente, a partir de amanhã (17), no Pátio de São Pedro, Casa 10 – térreo, Bairro de São José. Mais Informações pelo telefone: 3224-3257.

No palco - No dia 21, começa a mostra de espetáculos, com atrações locais, como Bacnaré, Cia do Frevo, Stúdio de Danças, Cia Amazing, Grupo Cultural ZOE, Andréa Carvalho e André Felipe, Lili Vidal e Kelson, Ballet Simone Monteiro, Cristian Douglas, Jeferson Andrade e Munique Munir, Valdeck Farias, Cia Carol Lemos D’ançarte, Ária Social, Cia Endança, Ballet Claudia São Bento, Cláudio Sobral, Roberto Cristiano, Cia PE-Nambuco de Dança PE e Ginga Bboys e Bgirls. Além de grupos nacionais , como os mineiros Igor Kisrcka e Cia Mário Nascimento, as paulistanas Diadema Cia de Dança e São Paulo Cia de Dança, além da Cia Giro, de Goiás, da paranaense Curitiba Cia de Dança, e da petrolinense Cia Qualquer Um de 2. Os espetáculos custarão R$ 10 e R$ 5 (meia). E os ingressos estarão à venda na bilheteria de cada teatro.

 

 

Fonte: PCR

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!