Naná Vasconcelos ganha homenagem em forma de boneco gigante no Recife
25/01/2018 21:10 em Carnaval 2020

 

Falecido em 2016, o percussionista Naná Vasconcelos, ganha uma homenagem literalmente gigante. O boneco que representa o músico tem dois metros de altura, pesa 18 quilos e foi apresentado na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), em Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife. Na instituição, Naná recebeu o título Doutor Honoris Causa em novembro de 2015. 

Ao som de frevo e maracatu, a apresentação do boneco foi feita com a presença da família do percussionista e da pró-reitora de extensão da UFRPE, Ana Marinho. “A relação da universidade com Naná é muito forte porque, em 2017, com o apoio da família dele, criamos a Escola de Música Naná Vasconcelos, em que as protagonistas são as crianças do entorno. Em 2018, decidimos homenagear mais uma vez esse ícone da percussão”, afirma.

O boneco foi confeccionado pelo Mestre Camarão, que também sente orgulho em fazer a homenagem póstuma a Naná. “Eu me sinto muito emocionado e queria ter feito essa homenagem em vida, mas infelizmente não deu tempo. Naná é um dos melhores percussionistas de Pernambuco e do mundo”, diz o autor do boneco gigante, que foi produzido com a ajuda de outras três pessoas e demorou cerca de 20 dias para ficar pronto.

No dia 1º de fevereiro, o boneco gigante de Naná Vasconcelos viaja para o Rio de Janeiro, onde participa, em 3 de fevereiro, do Casa Bloco, da GloboNews, um encontro de carnavais de rua do Brasil com representantes do Recife, de Olinda, do Rio, de Salvador e de Brasília.

Estátua no Marco Zero

Além do boneco gigante, Naná Vasconcelos também foi homenageado, em 2017, com uma estátua instalada na Praça do Marco Zero, no Bairro do Recife, no centro da capital pernambucana. No local, o percussionista costumava comandar as nações de maracatu que participavam da abertura do carnaval do Recife.

 

Fonte: g1.globo.com/pe

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!